top of page
Terapia de Casal  em Joinville Psicóloga Marisa Rebelo
Em que momentos a psicoterapia de casal traz benefícios?

  Algumas fases na vida de um casal trazem tanto desconforto que a ideia de ajuda profissional pode surgir como uma saída para a situação.

  Todo relacionamento é um processo dinâmico em que se alternam bons e maus momentos. Entretanto, algumas vezes, sentimos que estamos no limite e que a situação tende a se tornar insuportável. A pergunta que costuma ocorrer nestes momentos é: A terapia pode oferecer apoio? Será que este relacionamento pode ser ajudado por alguém?

  Brigas e desentendimentos são comuns mas a intensidade das discussões é que preocupam.  Podem deixar de ser mal entendidos e ultrapassar o limite do respeito, tornando-se muitas vezes agressivas.

  Por outro lado a psicoterapia também pode ser procurada por casais que, apesar do bom relacionamento, querem aprimorar sua relação. Neste sentido cada participante pode reconhecer seu potencial e contribuir para a manutenção e ampliação de uma relação saudável e prazerosa.

  Existe ainda a possibilidade de um dos dois não ter o mesmo interesse em investir no apoio psicoterapêutico, resistido em participar do processo. Nestes casos, o parceiro que se sente pronto deve iniciar a terapia. A partir do momento em que o autoconhecimento começa a se aprofundar, o paciente torna-se capaz de se posicionar de outra maneira e a relação acaba por se modificar.

  Muitas vezes as queixas são objetivas, isto é, a causa da dificuldade está clara. Entre as mais comuns estão a infidelidade, insatisfação na vida sexual, dificuldade na comunicação, ciúmes e outras. O trabalho deve ser focado na recontextualização destas situações e na aquisição de novas habilidades para lidar com elas. Precisamos lembrar que estamos sempre nos modificando e conseguir transferir estas mudanças para o relacionamento é um caminho bastante promissor para o casal.

  Este é um percurso que pode ser feito com o apoio da terapia. É possível um resgate da relação, no sentido de devolver para estes parceiros a intimidade, a comunicação sem ruídos e um bem estar emocional.
  Não podemos nos afastar do grande desafio que é conseguir traçar uma linha paralela entre a individualidade e os parceiros como “unos”. Aqui quero esclarecer, é necessário vivenciar o relacionamento com intensidade porém sem ignorar a autonomia de cada um. De fato, este é um paradoxo e conseguir trabalhar com ele é um dos objetivos que podem ser abordados durante o processo terapêutico. Precisamos entender que existe uma identidade do casal, com valores, histórias, desejos e planos. Estes não podem e nem devem fragilizar a identidade individual.
 Tudo isso só é possível se acompanhado do desejo por mudança.
Objetivos da Terapia de Casal
  • Melhorar a comunicação do casal;

  • Ajudar a re-estabelecer o vínculo emocional e afetivo;

  • Fortalecer os comportamentos positivos do casal;

  • Ajudar a desenvolver habilidades na resolução de problemas;

  • Acabar com a competição;

  • Superar a infidelidade e traição;

  • Identificar e propor mudança nos padrões de comportamentos que levam à discórdia dos casais;

  • Tratar problemas sexuais;

  • Terapia ajuda a identificar padrões de pensamentos disfuncionais e prejudiciais ao relacionamento;

  • A terapia busca a diminuição progressiva dos conflitos destrutivos no casal;

  • Avaliar as crenças quanto ao relacionamento (casamento);

  • Objetivo maior na terapia de casal é melhorar a qualidade geral do relacionamento e a satisfação conjugal.

bottom of page